Travel Around

Jaipur é a maior cidade do Rajastão. É chamada a cidade rosa.

Obra do Marajá Sawai Ram Singh ,que embora fosse um  dos homens mais poderosos da India, não quis deixar de impressionar Prince Albert durante a sua visita em 1876.

Construiu uma exuberante sala de concertos, e decidiu pintar de fresco a cidade inteira.

A cor rosa representa hospitalidade e boas vindas.

Uma das mulheres do marajá – diz que a sua favorita – gostou tanto da cor rosa, que lhe pediu para criar uma lei que proibisse outra cor senão o rosa Jaipur para as fachadas da cidade.

E assim foi, no ano seguinte passou uma lei que ainda hoje tem efeito.

E ainda hoje Jaipur nos dá as boas vindas em rosa!

No deserto do Rajastão destaca-se a cidade de Jodhpur, pintada de azul indigo.

Jodhpur é a segunda maior cidade do Rajastão, e há indícios históricos de antigas plantações de indigo nas redondezas.

Mas ninguém sabe dizer ao certo a razão pela qual a cidade é azul

Uns falam do azul ser a cor sagrada para os brâmanes, seguidores de Shiva. E que apenas as casas dos brâmanes, considerada uma casta superior, eram pintadas de azul

Outros dizem que o azul reflete o calor. Poderia ser a razão mais importante, manter o interior das casas fresco numa região muito árida.

Há ainda os que dizem ser repelente de mosquitos e térmitas.

Seja qual for a razão, para nós o azul de Jodhpur tem um efeito calmante, pode ser psicológico, mas vamos disfrutá-lo em modo Shanti Shanti.